Como realizar seu planejamento financeiro

O planejamento financeiro é uma alternativa ótima para organizar e controlar os seus ganhos e gastos.

Com esse planejamento financeiro, você consegue alcançar os seus objetivos com mais facilidade e evitar aquela famosa dor de cabeça no final do mês.

Ao longo deste artigo, iremos te mostrar como fazer um planejamento financeiro neste ano, visando uma organização anual e a longo prazo.

Lembrando que aqui separamos algumas dicas, mas elas só irão funcionar se você colocá-las em prática. Está preparado? Então continue acompanhando este artigo! 

  1. Organize as contas pendentes

Antes de começar a planejar e definir um método de organização, precisamos avaliar de forma geral todas as contas que você tem atualmente.

É nessa etapa que você vai pegar as suas faturas, grifar o valor de cada uma e a quantidade de parcelas.

Depois é importante que você separe os seus gastos em fixos e variáveis. Se você não sabe a diferença, iremos te explicar abaixo. 

  • Fixos: são aqueles que você paga todo mês e não se alteram, como aluguel, condomínio, faculdade, etc.
  •  
  • Variáveis: são os que nem sempre você terá esses gastos e eles estão sempre variando, como fatura de cartão de crédito, por exemplo.Defina metas e objetivos

Uma vez que você organizar as suas contas, é hora de estabelecer as metas e os objetivos.

No segundo passo você precisará ser sensato, estabelecendo metas que sejam mensuráveis, ou seja,  possíveis de serem conquistadas. 

Se você não tem uma reserva de emergência ainda, é importante que comece por ela.

A reserva de emergência precisa ser de seis vezes o valor que você gasta mensalmente. 

Então, estipule um prazo para criar a sua reserva, depois, defina um objetivo relacionado a algo que deseja alcançar. 

  1. Escolha um método de organização 

Com as metas definidas e as contas organizadas é hora de escolher um método de organização.

Existem várias formas de você controlar as suas finanças, mas o importante é optar por uma opção que realmente seja prática e acessível para você.

Dentre as opções disponíveis, existem as seguintes: aplicativo de finanças, – como o Guia Bolso – planilhas no excel, caderninho, bloco de notas do celular e outros. Se estiver com dúvida de qual escolher, faça testes até encontrar o método ideal.

Lembrando que após a escolha, você precisará manter constância no acompanhamento dos seus gastos, colocando de um lado os ganhos e do outro as despesas mensais.

  1. Estabeleça estratégias 

Definir um objetivo é o primeiro passo para alcançá-lo, mas para isso realmente acontecer, você precisa estabelecer estratégias.

É nessa etapa que você vai observar se está com o nome no SPC, quanto falta para alcançar a meta, etc. 

Com isso, irá criar estratégias para aumentar sua renda, pagar sua dívida ou qualquer outra situação que esteja impedindo você de alcançar o seu objetivo. 

Aqui, é importante que seja totalmente sincero consigo mesmo e não feche os olhos para as dívidas que podem ser doloridas.

Só assim irá conseguir estabelecer estratégias que realmente irão funcionar para você.

  1. Faça um acompanhamento periódico 

Para finalizar, a última dica para realizar o seu planejamento financeiro é fazer um acompanhamento periódico.

Não adianta organizar todas as suas finanças e não continuar organizando. 

Separe todos os seus boletos e faça lançamentos ao menos a cada 15 dias. Coloque os valores sempre certos para não deixar nada passar e evitar erros no final da conta.

Assim, você terá sempre uma visão clara das suas finanças e vai evitar complicações. 

O que achou deste artigo? Se você gostou, não deixe de compartilhar na sua rede social e deixar o seu comentário abaixo. Adoramos saber a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *