A importância da administradora para a saúde financeira do condomínio

Emissão e gestão dos boletos bancários

A importância da administradora de condomínios é essencial para a saúde financeira do condomínio.

Entre elas, questões bem práticas, como a emissão de boletos bancários, que facilita em muito a gestão dos pagamentos.

Afinal, com eles fica mais simples diferenciar a origem dos valores recebidos.

Assim, consegue-se dar o correto direcionamento, seja para a taxa de condomínio, seja para o fundo de reserva, rateios e outros.

E mais, a administradora, com a sua experiência, oferece a adequada gestão e armazenamento desses documentos.

Condomínios exigem muito trabalho para serem administrados de modo apropriado. Dessa forma, por mais que o síndico seja dedicado, pode ser necessário contar com o apoio de uma empresa especializada.

Embora uma administradora de condomínios contribua de várias maneiras para a gestão do prédio ou prédios e os seus apartamentos, é na área financeira que a sua ajuda se destaca. Se você tem interesse no assunto, então, continue lendo este artigo.

Nos tópicos a seguir, é possível compreender a importância da administradora para a saúde financeira do condomínio.

  • Emissão e gestão dos boletos bancários
  • Redução da inadimplência
  • Expertise para diminuir despesas
  • Controle do fluxo de caixa
  • Conhecimento jurídico
  • Patrimônio valorizado

 

Redução da inadimplência

A inadimplência é uma realidade em muitos condomínios, sendo que o não pagamento de alguns condôminos pode prejudicar todos os moradores.

Portanto, é preciso cobrar os inadimplentes de maneira adequada, o que nem sempre é simples fazer.

Porém, uma administradora de condomínios possui maior habilidade nesse tipo de cobrança e pode, até mesmo, usar argumentos legais que motivem os inadimplentes a quitar as suas pendências.

Um dos argumentos possíveis é a interrupção dos serviços.

E o síndico, por ser também, muitas vezes, um vizinho e até mesmo um amigo, pode se sentir desmotivado a fazer a devida cobrança. 

Expertise para diminuir despesas

Reduzir as despesas é uma preocupação que, hoje em dia, existe em todas as instâncias, seja na família, seja na empresa, e no condomínio não é diferente.

Afinal, sempre surgem novidades que podem ser colocadas em prática para que os custos sejam menores.

E uma administradora de condomínios é indispensável nessa hora. Afinal, por ter experiência no mercado, possui maior expertise, não só para encontrar soluções práticas para o dia a dia, como também para pensar no médio e longo prazos.

Desse modo, é possível até mesmo encontrar maneiras para que os recursos rendam mais ou sejam investidos de forma inteligente e rentável.

Controle do fluxo de caixa

Além de emitir boletos e os gerenciar, bem como cobrar dos inadimplentes, a importância da administradora para a saúde financeira do condomínio diz respeito ao controle do fluxo de caixa.

De acordo com o tamanho do prédio ou dos prédios, pode ser complicado gerenciar todas as informações e criar formas de tornar os pagamentos mais garantidos.

Afinal, pode haver condôminos que deixam de pagar no dia do vencimento apenas por falta de organização.

Nesse sentido, a administradora de condomínios pode ajustar a data dos vencimentos, tanto dos moradores quanto dos fornecedores, a fim de gerenciar o fluxo de caixa com sucesso. Assim, é possível evitar atrasos e até mesmo o pagamento de juros e multas.

Conhecimento jurídico

É normal que hajam conflitos entre os condôminos ou mesmo com fornecedores e demais situações que devem ser resolvidas pelo síndico.

No entanto, é importante saber como lidar com cada caso, o que pode até mesmo contribuir com a redução das despesas.

E uma administradora de condomínios pode ter o conhecimento suficiente para evitar que algumas situações cheguem até a justiça, o quer acarretaria um custo a mais.

Portanto, com o domínio jurídico necessário, consegue-se intermediar divergências com economia.

Patrimônio valorizado

Por fim, porém, não menos relevante, está a questão do patrimônio valorizado.

Ou seja, a importância da administradora para a saúde financeira do condomínio também está relacionada com a valorização dos apartamentos.

Isso porque, quando o condomínio é bem gerenciado, o que contribui com uma maior taxa de ocupação, os condôminos possuem menos despesas, uma vez que os rateios são feitos por um maior número de pessoas.

Mas não é só isso, com uma empresa especializada, o condomínio tem maiores chances de estar bem cuidado e com a sua manutenção em dia. Isso também contribui com a valorização dos seus imóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *